O amor é a mansidão dos domingos e o despertar das segundas.

Nenhum comentário :

Postar um comentário