Cante, coração!
E a alma encante.
Dance doce, visão!
E veja além do bastante.
Seja, vida!
E faça-se o infinito desse instante.

Nenhum comentário :

Postar um comentário