Envolve

Se a poesia me quisesse,
amasse,
tivesse.
Seria mera escrava dos versos,
das rimas,
do enredo,
quartetos e tercetos,
início, fim e meio.

Se o poema me resgatasse,
libertasse,
fortalecesse.
Seria mera filha das palavras,
o fruto das letras que se uniram para formar uma alma,
um corpo,
um espírito,
um ser.

Se eu fosse poeta,
apenas seria.
Parte destas raízes que me criam.
E viveria,
sonharia para ser.
Em ser.
O poeta que há em mim.

Nenhum comentário :

Postar um comentário