Rimas de um novato

Eu quero teu amor barato,
a cegueira pros teus atos,
lamber teu cuspe no meu prato,
sentir tua pisada no meu calo.

Eu quero passar noites em claro
te ouvindo chegar alto,
berrando pro diabo a quatro,
chutando e xingando o gato,
cheirando à puta e a cigarro.

Eu quero guardar o teu retrato,
pra conseguir de imediato
congelar teus olhos de mulato
e te mostrar de modo grato,
que sou feliz sem qualquer trato.

2 comentários :

  1. Olá, passei por acaso no seu blog e achei muito bom. Poesias de muita qualidade. Parabéns.

    ResponderExcluir