Se essa rua fosse sua

Dia desses a rua me disse
que a mocinha que cantava,
não a ladrilhou com pedrinhas de brilhante.
O amor foi e voltou, mas ela nem foi vê-lo passar.
A rua hoje é só lamento,
vive chorando pelos meios-fios.
Sempre que passo por ela, ganho um conselho.
Ela me contou que nem tudo que reluz é ouro,
mas falei para ela que eu já sabia disso,
senão o bicho homem já teria vendido o sol.

3 comentários :