VAMOS POEMAR!


Já que este é o remédio das doenças incuráveis.
Amargura e solidão,
tristeza sem causa,
tristeza com causa.
Alegria efêmera.
Sonhos intocáveis.
Inalcançáveis.
Ei-mos então de poemar,
já que as palavras,
vão e voam,
mas de tão bondosas
trazem novas a ficar.

2 comentários :

  1. Vamos! Já que se pode tomar tudo pessoalmente. hehe Sonhos intocáveis principalmente, pra mim..

    Gosto do jeito e do que você escreve, Ariel. Vivo a me identificar, e isso faz tão bem!

    ResponderExcluir