Rompo o silêncio que nos agride
e peço que me diga algo.
Uma palavra de conforto,
um olhar que converse,
ou quem sabe um sorriso de canto.
Minhas expectativas se abalam, e ele me diz:
"Estou morrendo".

Nenhum comentário :

Postar um comentário