Gabi

Um pedaço de mim a pertence.
Foi levado desde que partiu.
Seus frequentes momentos de euforia.
No silêncio sei que ao seu lado seria diferente.
Espontânea, contagiante, feliz.
Balança seus cachos e transforma o que quer.
Alma de menina, coração de mulher.
Goiana do pé rachado, carioca sem gema.
O mundo se alegra quando ela sorri.
Na sua vida pode até haver alguma,
mas não como a minha, Gabi.

Nenhum comentário :

Postar um comentário