braços firmes

Carregando-me nada leve,
sou eu a carga vossa de cada dia.
Sendo gramas por momentos,
outros quilos,
por fim, toneladas.
Se você opta por me levar, meu bem,
sou o peso adequado para a força que possui.
E se por acaso ficar cansado e
quiser deixar-me para trás.
Fique tranquilo.
Sempre soube me carregar
E sozinha, minhas pernas aguentam.

Nenhum comentário :

Postar um comentário