Caia n'água

O fogo aceso na ponte incendiava
o rio que lá embaixo corria.
Eu ia, não ia.
Ficava.
Sorria.
Caia n'água Maria,
que outra dessa não há não.
Tá queimando.
Tá gelando.
Se afoga cá.
É água louca, quase mar.
Pula da ponte.
O rio é bom.
Demora não.
Corre antes que seque.
Apague.
Esfrie.
Serene.
Vem banhar-se mulher.

Um comentário :