Volta cá


Como se fosse tão simples você deixou nosso lar,
com suas palavras me espancou, desabafou
agrediu, humilhou, remoeu, destroçou.
Meu coração te espera como a campainha,
pra que você toque com amor e sorriso.
Que volte pra vida que só nossa já foi.
Eu e você.
Você e eu.
Onde nada podia nos abater, destruir, atrapalhar, desfazer.
Eu sou apenas os móveis, complemento.
Você é a estrutura, a planta, a construção.
Sem você nossa casa está vazia.
Sou móvel velho, empoeirado.
Sem você comigo arranho fácil,
não tenho moldura.
Vem cá amor, te espero voltar.
Pro nosso cantinho, nosso lar.
Meu coração é sua morada.
Toca a campainha amor.

Um comentário :