Viver de quê?
Morrer pra quê?
Quem tá perdido um tempo se encontra.
Nos encontros e desencontros,
quem sabe outrora nos encontremos.
Quem a alma um dia encantou meu bem,
não há magia que apague.

Nenhum comentário :

Postar um comentário