Liberte-se

Estamos sempre criando barreiras em nossa vida.
Elas são invisíveis, mas sempre as compomos.
Um limite para se doar,
um limite para libertar o que a alma insiste em transpor.
Limitamo-nos a sorrir, a dizer: EU TE AMO,
limitamo-nos a nos permitir ser felizes,
nos limitamos a viver!
Sem essa de hipocrisia.
Não há nada que te impeça de nada,
portanto não se iniba ao certo ou errado.
Nada disso realmente existe.
São duas palavras contrárias que nem reais podem ser.
Seja e se permita ser, isso sim é o tal do certo.
Ou errado, quem sabe.
Mas faça o que a vontade mandar,
quando o desejo bater a porta, não deixe escapar.
Estufe e expulse.

Um comentário :